Protagonista, Reinaldo fez de 2019 sua melhor temporada pelo São Paulo

Alexandre Guariglia
LANCE!
Reinaldo participou diretamente de dez gols do São Paulo na temporada (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)
Reinaldo participou diretamente de dez gols do São Paulo na temporada (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)


Mesmo em um ano em que o São Paulo tem motivos de sobra para lamentar, um jogador em especial tem muito a comemorar individualmente. Trata-se de Reinaldo, um dos poucos incontestáveis do elenco. Titular absoluto mais uma vez, em 2019 ele fez sua melhor temporada com a camisa do clube e mudou seu status para protagonista, após superar a desconfiança de outros tempos.

TABELA
> Veja tabela e simulador do Paulistão clicando aqui

Com uma regularidade de atuações muito acima dos companheiros, o camisa 6 foi a "bola de segurança" da equipe ao longo de todo o ano. Foi o ele o "motor" são-paulino com todos os quatro técnicos que estiveram no comando. O jogo estava morno? O time não jogava bem? Era só tocar para Reinaldo, que ele tentava colocar "fogo" na partida. Nem sempre o resultado era alcançado, mas a torcida sabia que ali morava um atleta que ela poderia confiar.

E confiou. Em seu segundo ano pelo Tricolor após voltar de empréstimo de Ponte Preta e Chapecoense, em 2016 e 2017, respectivamente, o lateral mudou definitivamente seu status no elenco. Não dá para fechar a temporada sem considerá-lo um protagonista da equipe, status conquistado mesmo com a concorrência de nomes pesados, como, por exemplo, Pato, Daniel Alves e Pablo que, por diferentes motivos, não atingiram a expectativa criada inicialmente.






Seus números em 2019 comprovam sua mudança de status no elenco. Em 53 jogos oficiais (seu recorde com a camisa do clube), marcou seis gols e deu quatro assistências, ou seja, participação direta em dez tentos. Essas estatísticas superam as de 2018, quando ele balançou a rede três vezes e deu quatro passes para seus companheiros marcarem: sete participações.

O São Paulo fez 56 gols durante a temporada, quase 20% deles tiveram participação de Reinaldo, ou seja, um a cada cinco tentos teve responsabilidade direta do lateral-esquerdo, que também foi o vice-artilheiro do time no ano ao lado de Antony e Vitor Bueno, atrás apenas de Pablo, que marcou sete vezes. Seu nível de atuação rendeu o prêmio do Troféu Mesa Redonda, da TV Gazeta.

- Agradecer pelo prêmio mais uma vez e graças a todos os treinadores que passaram pelo São Paulo, não é bom ter troca de treinador, mas infelizmente isso acontece aqui no Brasil, mas agradecer a todos eles que passaram por lá neste ano, porque me ajudaram bastante e agora o professor Diniz está realizando um trabalho muito bom, muito promissor e eu tenho certeza que ano que vem a nossa equipe vai estar mais forte e vamos brigar por títulos - declarou o jogador em entrevista ao receber o troféu.

Sua importância no time cresceu ao longo do ano e só se reforçou nas trocas de técnicos, que em momento algum barraram o lateral. Não foi à toa que o Tricolor recusou um proposta de mais de R$ 10 milhões do Al Ahli, da Arábia Saudita e renovou contrato com o atleta por mais uma temporada. Antes o vínculo iria até o final de 2020 e agora termina em 2021.

Pode até parecer exagero dizer que o São Paulo versão 2020 será "Reinaldo+10", mas é fato que a disposição e entrega dos outros companheiros precisa se basear no camisa 6, que terá papel ainda mais importante nas competições da próxima temporada. Ele e o restante do grupo se reapresentam no dia 6 de janeiro, no CT da Barra Funda e estreiam no Paulistão no dia 22, contra o Água Santa, no Morumbi.

Confira os números de jogos, gols e assistências de Reinaldo pelo São Paulo:

2013
32 jogos
2 gols
2 assistências

2014
24 jogos
0 gols
1 assistência

2015
44 jogos
1 gol
1 assistência

2018
48 jogos
3 gols
4 assistências

2019
53 jogos
6 gols
4 assistências






























Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também