Prorrogação? Flamengo e Goiás dão sequência às tratativas por Michael

Dirigente do Goiás reclamou de nota oficial do Corinthians por Michael (Foto: FCesar/Ofotografico)
Dirigente do Goiás reclamou de nota oficial do Corinthians por Michael (Foto: FCesar/Ofotografico)


O tempo regulamentar chegou ao fim, mas as conversas entre Flamengo e Goiás prometem seguir nos próximos dias. Após uma reunião na manhã de quarta-feira, no Rio de Janeiro, ter sido considerada como um "primeiro tempo sem acordo" por um diretor do Esmeraldino, as partes voltaram a reunir-se na última noite. A segunda etapa, também em solo carioca, não selou o negócio.

Nesta quinta, a expectativa é pela "prorrogação". Novos encontros e conversas entre a direção do Flamengo, representantes do Goias e do empresário de Michael, Eduardo Maluf. O atleta tem interesse em defender o Rubro-Negro a partir de 2020 e o Esmeraldino já não vê tantos interessados no atacante após a retirada do Corinthians. O entrave, por ora, é a questão financeira do acordo.

Marcos Braz, VP de futebol que está à frente das negociações pelo Flamengo, chegou a declarar que as chances de Michael reforçar o clube eram "poucas" após a primeira reunião. A declaração foi estratégica, ressaltando que o clube não fará oferta acima do previsto e, ao mesmo tempo, pressionando a direção do Goiás.

Na segunda reunião, a discussão avançou, mas o pagamento do Flamengo e a divisão por conta dos direitos econômicos de Michael - divididos entre Goiás e Goianésia, além da forma de pagamento, travam a conclusão das tratativas.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também