Trajetória de Gabriel Jesus no Manchester City teve altos e baixos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Gabriel Jesus tem sete gols e 11 assistências na atual temporada pelo Manchester City (Foto: GLYN KIRK / AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Contratado em 2016 como grande esperança para o futuro do Manchester City, o atacante Gabriel Jesus não conseguiu corresponder às expectativas criadas e agora vive a expectativa de deixar o clube inglês, como revelou o LANCE!. Nome querido pelo técnico Pep Guardiola, o camisa 9 passou altos e baixos desde que desembarcou na Terra da Rainha, mas hoje não vive seu melhor momento.


Gabriel Jesus chegou ao Manchester City com apenas 19 anos, após ser campeão olímpico e brasileiro por Seleção Brasileira e Palmeiras, respectivamente, com a missão de ser preparado para substituir Sergio Agüero no futuro. O brasileiro, entretanto, nunca conseguiu dar mostras de que seria o sucessor do argentino e hoje vê notícias de que Haaland pode ser o nome que irá suprir a ausência do já aposentado que vestia a camisa 10.

+ Veja a tabela e os jogos da Premier League

O atacante teve duas grandes oportunidades de mostrar ao técnico Pep Guardiola que estava pronto para assumir a titularidade, mas não ganhou a confiança do treinador na primeira, e parece ter desistido na segunda.

Durante a temporada passada, quando o City chegou à final da Champion pela primeira vez em sua história, Agüero passou a maior parte da campanha machucado, deixando a referência no ataque vaga. Guardiola, porém, preferiu apostar em um esquema com "falso 9", sem jogar com com um centroavante de ofício. Desta forma, o atleta foi reserva em boa parte dos jogos.

Para a temporada atual, já sem Agüero, o Manchester City foi atrás de Harry Kane para comandar o ataque, dando indícios que Gabriel Jesus não era unanimidade. Sem conseguir contratar o camisa 10 do Tottenham, a expectativa era de que o ex-Palmeiras pudesse ser o dono da posição. Mas o jogador pediu para atuar pelas pontas, o que mudou seu status no elenco.

+ Haaland no City? Veja 15 atacantes que poderão mudar de clube em julho na Europa

Se antes Gabriel Jesus brigava só com Kun Agüero, agora ele tinha a concorrência de outros nomes, como Mahrez, Sterling, Foden e o recém-chegado Grealish, contratado por 100 milhões de libras. Esta decisão do atleta pesou contra na briga por uma vaga no time titular.

Com vínculo até junho de 2023, Gabriel Jesus pode deixar o Manchester City já neste ano. Com sondagens de clubes como Barcelona e Juventus, o brasileiro provavelmente irá ligar para sua mãe de outro lugar.

* Estagiário, sob a supervisão de Cayo Pereira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos