Questão salarial motivou recusa de Rony a proposta de renovação de contrato com o Palmeiras

·1 minuto de leitura

Uma primeira proposta de renovação até 2025 enviada pela diretoria do Palmeiras ao estafe de Rony foi recusada . A informação da divergência nas tratativas foi primeiramente noticiada pela ESPN e confirmada pela reportagem do LANCE!/NOSSO PALESTRA.

O motivo da negativa, segundo apurou a reportagem, foi que o atleta deseja uma progressão salarial, ou seja, receber aumentos sucessivos ao longo do tempo de contrato, enquanto o clube ofertou salários fixos até o fim do vínculo.

Leia também:

Mesmo com o entrave, entende-se, por parte de quem negocia, que as partes devem chegar a um acordo, uma vez que o aumento salarial já foi oferecido e aceito. Afinal, o Alviverde pensa que, além de o camisa 7 ser fundamental para a equipe atualmente, ele merece um projeto ambicioso e de longo prazo, que passa diretamente por essa extensão em seu vínculo.

Rony tem contrato com o Verdão até 2024, porém, o Palmeiras entende ser importante estendê-lo e adaptá-lo para valorizar o atleta. Nesse sentido, o Verdão pretende ajustar o acordo e a multa rescisória para estar mais preparado em caso de investidas do exterior.

Em abril, surgiram rumores de que o Ajax estaria interessado no atacante, mas nenhuma proposta foi formalizada. Mesmo com a possível extensão do vínculo, uma venda para a Europa não está descartada internamente, caso surja alguma oferta muito vantajosa tanto para o Verdão quanto para o profissional.

De contrato renovado ou não, Rony deve ir a campo nesta quinta-feira (27) às 19h (horário oficial de Brasília) contra o Universitario-PER, em jogo válido pela última rodada da fase de grupos da Libertadores 2021. Já classificado na primeira colocação do Grupo A, o Verdão briga apenas para melhorar sua campanha na classificação geral.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos