Procon multa Globo por não avisar assinantes do Premiere sobre diminuição de times no pacote

·1 minuto de leitura


O Procon multou o grupo Globo em R$ 9,9 milhões por não avisado aos assinantes do Premiere que não iria transmitir as partidas do Palmeiras e do Athletico Paranaense pelo Brasileirão de 2019. De acordo com o portal Notícias da TV, a emissora alega abuso e entrou com processo para não ter que pagar a pena. Os clubes e o canal não entraram em acordo pelos direitos de transmissão a partir daquela temporada.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

No processo, a Globo alega que avisou aos assinantes em seus sites que não chegou a um acordo com os clubes e culpa as operadoras de TV, que teriam demorado a passar a informação. Para reforçar o argumento, a emissora adicionou fotos do site do Premiere em 2019, mostrando que eles comunicaram a falta dos jogos.

Já o Procon afirma que recebeu denúncias de assinantes do Premiere que alegaram terem se "sentido lesados" por pagar o valor total do pacote. Em 2019, vários torcedores do Palmeiras denunciaram a falta de aviso por parte da Globo à entidade.

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

Desde 2019, o Athletico Paranaense não vende seus direitos de transmissão para o grupo Globo no Pay-per-view. Já o Palmeiras entrou em acordo com a emissora alguns meses depois do início do Brasileirão daquele ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos