Processo é arquivado no Uruguai e Felipe Melo não será detido na final da Libertadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazil's Palmeiras Felipe Melo (L) vies for the ball with Uruguay's Penarol Nahitan Nandez during their Libertadores Cup football match at the Campeones del Siglo Stadium in Montevideo on April 26, 2017.  / AFP PHOTO / MIGUEL ROJO        (Photo credit should read MIGUEL ROJO/AFP via Getty Images)
Felipe Melo e Nahitan Nandez na partida que acabou em pancadaria em 2017. Foto: (MIGUEL ROJO/AFP via Getty Images)

Felipe Melo não será detido na chegada do elenco do Palmeiras a Montevidéu para a final da Libertadores da América. A detenção do jogador seria para prestar esclarecimentos sobre a briga na partida contra o Peñarol em 2017, mas o caso foi arquivado. A promotoria pública do Uruguai havia intimado Felipe Melo para conceder depoimento, mas o atleta já estava no Brasil quando a intimação foi publicada e não retornou ao país vizinho até então.

No dia 27 de novembro, a decisão da Libertadores da América será disputada no Estádio Centenário, localizado na capital uruguaia. Desde a classificação para a final única, o vice-presidente do Palestra, Alexandre Zanotta, e um advogado uruguaio agiram nos bastidores para que não houvesse qualquer empecilho ao jogador.

Leia também:

Na ocasião, o Palmeiras venceu o Peñarol por 3 a 2 na casa dos uruguaios, o estádio Campeón del Siglo. Felipe Melo foi acusado de provocar os adversários, que aguardaram o apito final para caçá-lo dentro de campo. A confusão, porém, não ficou restrita ao camisa 30. Membros das duas delegações entraram em vias de fato também no túnel que leva aos vestiários.

A provocação, segundo os jogadores do Peñarol, seria a fala de Melo em sua apresentação no Verdão: "Se tiver que dar porrada, vou dar porrada. Se tiver que dar tapa na cara de uruguaio, vou dar. Pode ter certeza que se vier mano a mano e eu tiver que dar porrada, vou dar porrada para defender as cores do Palmeiras". 

A disputa entre Flamengo e Palmeiras será a primeira entre brasileiros no formato de partida única. Dezenas de milhares de brasileiros são esperados em Montevidéu para a decisão que será disputada no fim deste mês.

Felipe Melo tem contrato até dezembro com o Palmeiras e o atual presidente, Maurício Galiotte, já informou 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos