Problema com o Fisco e mudança de ares: Cristiano Ronaldo lidou com polêmicas na última Copa


A entrevista de Cristiano Ronaldo ao jornalista britânico Piers Morgan, onde o astro detonou o Manchester United, iniciou uma nova polêmica na carreira do astro às vésperas da Copa do Mundo no Qatar. O assunto vem tomando conta das redes sociais e das coletivas em Portugal, mas CR7 viveu situação parecida quatro anos atrás, no Mundial da Rússia.

+ Veja comparações de figurinhas de jogadores veteranos da Copa do Mundo

SITUAÇÃO CONTRATUAL E FISCO ESPANHOL

Principal referência técnica do Real Madrid na temporada 2017/2018, Cristiano estava insatisfeito com a demora na renovação de contrato com o clube espanhol e por receber menos que Lionel Messi e Neymar.

Outro incômodo que vinha ‘tirando o sono’ do astro português eram os problemas jurídicos com o Fisco, órgão responsável por fiscalizar se pessoas físicas ou jurídicas estão cumprindo a legislação tributária de determinado país.

+ Veja tabela e simule a fase de grupos da Copa do Mundo no Qatar

A Receita espanhola abriu um processo contra o atacante relativo à sonegação de direitos de imagem, que incluíam a criação de empresas fantasmas na Irlanda e nas Ilhas Virgens Britânicas para esconder a origem do dinheiro, durante o período em que Cristiano Ronaldo defendeu o Real Madrid, entre 2011 e 2014.

Após diversas reuniões com seus advogados, CR7 se declarou culpado e pagou multa de 18,8 milhões de euros (R$ 80 milhões, à época) depois da Copa do Mundo na Rússia. Por conta do pagamento, o atacante escapou de uma pena de 23 meses de prisão.

Segundo veículos europeus, Cristiano esperava que o Real Madrid aumentasse seu salário depois de pagar a multa ao Fisco, mas o presidente do clube espanhol, Florentino Pérez, bateu o pé e não quis atender ao pedido do português.

Cristiano Ronaldo com esposa
Cristiano Ronaldo com esposa

CR7 assumiu culpa por fraude fiscal (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP)

DE MADRID A TURIM

A situação salarial e os problemas com o Fisco motivaram Cristiano Ronaldo a tomar uma decisão surpreendente. Após superar o Liverpool na final da Champions League, o astro decidiu encerrar sua vitoriosa história no Real Madrid e escolheu a Juventus como próximo destino para sua carreira.

CR7 jogou o Mundial na Rússia sem saber seu próximo destino, e não faltaram pretendentes para contratar o atacante. Manchester United, PSG, Milan e Napoli tentaram, mas o astro decidiu ir para a Juventus dias após ser eliminado pelo Uruguai nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2018.

Quatro anos depois, Cristiano Ronaldo segue sendo a principal esperança de Portugal em uma Copa, e após o torneio no Qatar o atacante dificilmente permanecerá no Manchester United, podendo repetir o roteiro de 2018 e procurar um novo clube.