Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson apoia decisão de Chelsea e City de deixar a Superliga Europeia

LANCE!
·1 minuto de leitura


Nesta terça-feira, a já conturbada Superliga Europeia recebeu mais um duro golpe. Depois de toda repercussão negativa entre imprensa, times e torcedores, os clubes fundadores ingleses teriam declinado de participar da competição.

VEJA A TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DA PREMIER LEAGUE

Segundo a imprensa inglesa, clubes como Manchester City e Chelsea já estariam preparando a documentação para sair da Superliga Europeia. A atitude dos clubes gerou inúmeras reações ao redor do mundo e, obviamente, no Reino Unido, onde até o primeiro-ministro Boris Johnson se pronunciou a favor da decisão das equipes.

Por meio de seu Twitter, o político britânico afirmou que, se confirmada, a decisão dos clubes é a correta e que merecem elogios por deixar de participar da competição.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

- A decisão de Chelsea e de Manchester City é - se confirmada - absolutamente acertada e elogio-os por isso. Espero que os outros clubes envolvidos na Superliga Europeia sigam o seu exemplo - postou.