Primeiro medalhista do Brasil é torcedor do Santos e já foi atleta do clube

·1 minuto de leitura


A primeira medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio tem DNA santista. Na madrugada deste domingo, Kelvin Hoefler conquistou a medalha de prata no Skate Park, a primeira medalha brasileira nas Olimpíadas deste ano, justamente na primeira aparição do Skate como modalidade olímpica.

Natural do Guarujá, Kelvin tem 27 anos, é torcedor declarado do Santos e já foi atleta do clube. Em 2013, ele teve uma parceria com o clube para competir como atleta do Peixe. Na época, o Santos também tinha parceria com o surfista Alejo Muniz. A iniciativa da parceria partiu do atual Gerente de Comunicação do clube, Fábio Maradei.

"O Alejo Muniz foi o primeiro surfista de clube e depois nós trouxemos o Kelvin. Os dois são santistas fanáticos, Pegamos os dois e oferecemos para os nossos patrocinadores. Fui conhecer ele, levei no treino do Santos", relembra Maradei.

Nos Jogos Olímpicos, Kelvin somou 36,15 pontos na final. O japonês Yuto Horigome ficou com a medalha de ouro, com 37,18, enquanto o americano Jagger Eaton, com 35,35, ficou com a medalha de bronze.

O Santos comemorou a medalha nas redes sociais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos