Primeira rodada da Copa termina com voo do Pombo, recorde de CR7 e muito mais!

Richarlison, o Pombo, fez um golaço na vitória do Brasil contra a Sérvia (AP Photo/Thanassis Stavrakis)
Richarlison, o Pombo, fez um golaço na vitória do Brasil contra a Sérvia (AP Photo/Thanassis Stavrakis)

BRASIL-SIL-SIL! Estreia do Brasil, Portugal e Uruguai numa quarta-feira com muitos gols e emoção. O vôo do Pombo, o recorde do robozão e coreanos "mascarados" marcaram o último dia da primeira rodada da fase de grupos no Catar.

RECORDE

Mais uma vítima da fila do INSS, o atualmente desempregado Cristiano Ronaldo marcou hoje na vitória por 3 a 2 de Portugal sobre Gana e se tornou o primeiro jogador da história a marcar gols em cinco Copas do Mundo diferentes. O português, dispensado pelo Manchester United após uma entrevista na TV inglesa na qual falou que se sentia “traído” pelo treinador da equipe, Erik Ten Hag, tem agora oito gols em Copas. Ele marcou seu primeiro gol em 2006, contra o Irã.

PATACOADA

O árbitro americano Ismail Elfath foi duramente criticado após marcar um pênalti inexistente para Portugal. “Sofrido” e convertido por Cristiano Ronaldo que inaugurou o placar contra Gana. Numa Copa em que até o momento a maior crítica à arbitragem vem por conta dos longos acréscimos dados, esse pênalti fica marcado como uma nota negativa.

Leia também:

TORCEDORES

Em um dia de torcidas animadas, a sempre alegre torcida ganesa cantou e apoiou seu time contra Portugal e, mesmo com a derrota por 3 a 2, saíram do estádio satisfeitos com a atuação. Antes do jogo a torcida de Gana já fazia a festa no Estádio 974, onde foi disputado a partida, e mantiveram o ritmo durante os 90 minutos.

ESTILO

O coreanos, em grande número nas arquibancadas, compareceram com máscaras para assistir sua seleção estrear contra o Uruguai. O motivo? O craque Son, capitão e líder técnico do time, teve uma fratura facial durante jogo do seu time, o Tottenham, no início do mês. Ele passou por cirurgia e conseguiu se recuperar para jogar a Copa, mas precisa usar uma máscar protetora. Problema nenhum pros coreanos que resolveram imitar o “estilo” do ídolo.

Torcedores coreanos usam máscara protetora. Foto: ANP via Getty Images
Torcedores coreanos usam máscara protetora. Foto: ANP via Getty Images

AVE CRAQUE DO DIA

Richarlison foi o nome da vitória do Brasil sobre a Sérvia por 2 a 0. Autor dos dois gols, o segundo um golaço, o Pombo mostrou que se havia alguma dúvida de sua capacidade de ser o centroavante do Brasil, elas podem ficar pra trás. Desde 2002 um camisa 9 brasileiro não fazia o primeiro gol da Seleção em Copas. O último? Ronaldo Fenômeno. PRU!

EMOÇÃO

O suíço Breel Embolo não comemora após marcar contra seu país-natal, Camarões. Foto: FABRICE COFFRINI / AFP via Getty Images
O suíço Breel Embolo não comemora após marcar contra seu país-natal, Camarões. Foto: FABRICE COFFRINI / AFP via Getty Images

O suíço Breel Embolo não comemorou seu gol contra Camarões, onde nasceu e parte de sua família ainda vive. Embolo saiu de Camarões para a França quando tinha 5 anos de idade, e um ano depois foi para a Suíça, onde cresceu. Essa foi a primeira vez que um jogador marcou em Copas contra o seu país de nascimento. Ele atua pela Suíça desde as categorias de base, mas mesmo assim preferiu não comemorar seu primeiro gol em Copas em respeito ao país-natal. A Suíça venceu o jogo por 1 a 0.