Prestes a se formar, aluno do Santa Mônica encerra sua participação no Intercolegial com 17 medalhas

·1 min de leitura

Depois de tantas edições disputadas, o Intercolegial 2021 teve um gosto especial para Murilo Faria. O aluno de 18 anos do Santa Mônica Centro Educacional está prestes a se formar no ensino médio, e participou dos seus últimos Jogos faturando duas medalhas.

Prata no xadrez sub-19 não federado e bronze no skate sub-18 livre, Murilo adicionou mais conquistas à sua coleção de 17 medalhas do Inter. Ele já competiu na natação, judô, luta olímpica e atletismo.

— Para mim é normal ter essa rotina. No horário de descanso ao invés de descansar eu troco de esporte — explica ele sobre seu dia a dia de treinamentos.

— Esporte para mim é tudo, é a minha vida. Me deu tudo e não quero parar nunca. É importante um competição como essa fazendo o esporte estar na vida dos alunos desde pequeno. Isso é tudo na criação de uma boa sociedade — afirma Murilo, que planeja cursar Educação Física e virar professor assim como Clecio Martins , trenador que o ajudou a subir no pódio em modalidades tão diferentes nesta edição.

— É muita responsabilidade e muito trabalho, mas ao mesmo tempo é um grande prazer estar com os alunos. Eu faço questão de trocar a cobrança pelo incentivo — contra o professor de Educação Física e e atleta de skate e xadrez.

O Intercolegial se aproxima do seu final com as disputas do vôlei de praia no próximo fim de semana.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos