Presidente do Valencia condena racismo e diz que clube irá tomar todas as medidas contra Juan Cala

LANCE!
·1 minuto de leitura


Nas redes sociais, Anil Murthy, presidente do Valencia, condenou o suposto insulto racista de Juan Cala, zagueiro do Cádiz, direcionado a Diakhaby. Além disso, o mandatário afirmou que o clube espanhol irá até o fim com as investigações para que o defensor seja punido.

- Ontem assistimos um ato flagrante de racismo. Todos sabemos reconhecer uma cara de culpabilidade. Este tipo de comportamento é intolerável no futebol e na sociedade. Eu acredito no meu jogador. O Valencia vai chegar até o final para defender Diakhaby.

> Veja a tabela da La Liga

Aos 36 minutos de jogo, o francês dividiu uma bola com Cala e foi atrás do espanhol após uma discussão. Os jogadores do Valencia abandonaram o campo de jogo, mas voltaram para terminar a partida após alguns minutos nos túneis do vestiário. O Cádiz venceu o Valencia por 2 a 1.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.