Presidente do Sport desabafa sobre crise financeira: 'É o pior ano da nossa história'


O ano do Sport está longe de ser o que a diretoria planejava. Após garantir o acesso à elite nacional, a ideia era que o 2020 fosse alegre, com bons resultados e que o presidente Milton Bivar conseguisse ajeitar a vida financeira do clube.

Porém, como a vida não anda fácil para nenhum time do país, a pandemia do coronavírus foi devastadora e a paralisação causou inúmeros prejuízos financeiros, o que obrigou o Sport a demitir funcionários.

Nesta terça-feira, em conversa com Jorge Soares, da Rádio Clube, o mandatário do Leão abriu o jogo, lamentou a crise financeira e prometeu recontratar os profissionais assim que a pandemia acabar.

‘Infelizmente, a gente tem que tomar medidas drásticas, onde, mais uma vez, eu fico com o coração ferido. São pessoas muito queridas dentro do clube, pessoas da minha estima, mas, infelizmente, a gente tem que entender, o negócio quebrou. Este ano de 2020 é o pior ano da história do Sport, e, quiçá, da maioria dos clubes do Brasil também. Porque essa situação que o Sport está passando, não é só com o Sport, a maioria dos clubes, por não estar jogando, não tem receita, não tem nada. Se deus quiser, volta tudinho na mesma hora, porque são profissionais competentes que nós vamos precisar’, desabafou o dirigente.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também