Presidente do São Paulo expõe bastidores das saídas de Igor Gomes e Luizão

Luizão assinou com o West Ham, da Inglaterra (Foto: Divulgação)


O presidente do São Paulo, Julio Casares, expôs os bastidores das saídas de Luizão e Igor Gomes - ambos crias de Cotia. O zagueiro assinou com o West Ham, na Inglaterra, e o meia com o Atlético-MG.

Sobre Luizão, o dirigente afirmou que o Tricolor paulista tentou oito vezes ter uma conversa com o atleta e seu staff, alegando que o valor que chegou colocaria em risco o futuro financeiro do São Paulo. Segundo Casares, se ele pagasse o que o defensor estava pedindo, iria inflacionar a folha salarial do clube. No fim, o zagueiro assinou um contrato com a equipe inglesa até 2026. O Tricolor ficou com 15% dos direitos econômicos do atleta.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Lucas Lima, Pato e outros: listamos 15 jogadores brasileiros famosos que estão sem time

Veja tabela do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

- Luizão foi treinar na Barra Funda. Já tinha passagens pela Barra Funda, evoluiu de Cotia e cresceu. Nós tentamos oito vezes. Com todo respeito ao Luizão, mas o valor que chegou colocaria em risco o futuro financeiro do São Paulo. Quando nós assumimos, o São Paulo tinha muito contrato com insegurança jurídica. Não estou dizendo que a gestão não errou, nós assumimos e tentamos a renovação. Mas o empresário viu essa oportunidade. Era um milhão de luvas e ele pedia 4,5 milhões. Se eu pago isso par o Luizão, iria inflacionar a minha folha também. Que ele seja feliz na Inglaterra - explicou em entrevista à 'TV Gazeta'.

Quanto a Igor Gomes, Julio Casares afirmou que a saída do atleta foi um desejo do próprio, após enfrentar alguns problemas com a torcida na última temporada. Conforme o LANCE! adiantou, o clube desejava a permanência do atleta, importante na gestão de Rogério Ceni.

- Igor Gomes é um grande jogador, uma grande pessoa, ele jogou quatro anos no São Paulo, performou, mas teve problema com a torcida e preferiu sair - disse o presidente.

Igor Gomes foi um dos pedidos de Eduardo Coudet para a diretoria do Galo. Ele chega com prestígio do treinador e terá a chance de mostrar seu melhor futebol em Belo Horizonte.

Em 2022, ele fez 61 jogos e marcou um gol. No Tricolor desde as categorias de base, considerando todo o seu período com a camisa do São Paulo, Igor fez 208 partidas e anotou 12 tentos.