Presidente do Napoli taxa destaques do time com valor muito alto


O polêmico presidente do Napoli, Aurelio De Laurentiis, disse ao “Corriere dello Sport” que aceita vender o meio-campista Fabián Ruiz caso chegue uma proposta de 100 milhões de euros (R$ 566 milhões). O jogador teve seu nome especulado para ser contratado pelo Real Madrid e Barcelona na próxima janela de transferências, mas o preço diante da crise financeira é um entrave.

- Para o Fabián faltam três anos (de contrato), para Koulibaly dois anos. Se chegar o City, United ou PSG com 100 milhões de euros (R$ 566 milhões), eu pensaria e o mais provável seria vender. Uma oferta de 60 milhões de euros (R$ 340 milhões) eu nem considero. Eu não preciso de dinheiro.

O presidente também contou sobre a renovação com Mertens, ídolo da torcida e autor do gol que classificou o Napoli para a final da Copa da Itália.

- É um homem especial, muito inteligente. Renovar contrato de um jogador de 33 anos não está em nosso costume, mas com ele foi simples. E quando ele encerrar a carreira, gostaria de encontrar um papel para ele continuar contribuindo.

Mertens era alvo de interesse de grandes clubes da Europa, como Inter de Milão e Chelsea, mas o atacante belga decidiu permanecer na Itália. A equipe enfrenta a Juventus na próxima quarta-feira visando a conquista do título da Copa da Itália.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também