Presidente do Guarani fala sobre a paralisação do Campeonato Paulista

LANCE!
·1 minuto de leitura


Em meio as incertezas por conta do Campeonato Paulista, o presidente do Guarani, Ricardo Moisés resolveu conceder uma entrevista de imprensa e abordou sobre diversos temas.

+ Veja os craques que podem gerar grandes negócios na janela na Europa

O principal foi sobre os prejuízos que a paralisação do futebol pode trazer ao clube nos próximos dias. Sereno, o dirigente deu a visão do Bugre.

‘O Guarani treina normalmente, pronto para qualquer jogo que seja marcado. Estamos conversando com Federação Paulista e, a princípio, o próximo jogo do Guarani será dia 31. Não existe nenhuma previsão ainda e conversa sobre realizar jogos do Guarani em outros estados antes do dia 31. Então a conversa com o elenco é para estar pronto, preparado para jogar a qualquer momento, mas a princípio apenas dia 31’, declarou, antes de completar:

‘Você vê diversos clubes com problemas financeiros, atraso de pagamento de salários de jogadores e funcionários, então extremamente prejudicial não só para os clubes, mas para o futebol como um todo no Brasil. Você vê prejuízo também para a categoria de base, onde as competições também estão suspensas. E uma situação muito delicada e difícil. Não existe plano B caso a paralisação continue por mais tempo’, completou.

+ Conmebol define valores que vai pagar fase a fase na Libertadores 2021. Veja as quantias até o título!

Classificação

Com a paralisação do estadual, o Guarani aparece na vice-liderança da chave D, com 5 pontos conquistados. O Mirassol, líder, tem 8 pontos.