Presidente do Grêmio atualiza situação sobre possível chegada de Michael

Michael se tornou alvo do Palmeiras no mercado para a temporada 2023 (Foto: Divulgação/Al Hilal)


No que depender das palavras ditas por Alberto Guerra, mandatário do Grêmio, em entrevista concedida a 'ESPN', o atacante Michael não será reforço da equipe no curto prazo. O jogador era um dos principais alvos da equipe para a temporada.

Além do aspecto financeiro para arcar com a questão salarial do atleta, hoje no Al-Hilal-ARA, Guerra apontou que o transfer ban imposto ao clube da Arábia Saudita é o principal obstáculo para abrir qualquer tipo de negociação.

>Veja as últimas do mercado da bola do LANCE!

- Sobre o Michael, a situação não mudou de 45 dias para trás. É um grande jogador, tem boa relação com Renato. Gostaríamos dele, mas o clube árabe não aceita conversar, pois tem uma punição na FIFA até o meio do ano e não pode trazer alguém no lugar. Se aceitasse conversar, viria a parte mais difícil, com valores acima do que podemos pagar. O Suárez veio com a ajuda de investidores - detalhou.

Entretanto, não só de informações desanimadoras foi composta a entrevista, já que, em relação ao lateral João Pedro, Alberto Guerra confirmou que o jogador tem todas as bases acertadas do negócio por empréstimo junto ao Porto-POR.

- João Pedro vem por empréstimo de uma temporada - revelou.

Desta forma, a janela de transferências do Imortal para 2023 chegaria a dez contratações. Além do jogador com passagens por Palmeiras, Corinthians e Bahia no futebol nacional, outros nomes já oficializados pelo Grêmio foram Bruno Uvini, Carballo, Cristaldo, Everton Galdino, Fábio, Gustavinho, Luis Suárez, Pepê e Reinaldo.