Presidente do Grêmio admite chance de ser candidato a governador do RS

·2 min de leitura

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, admitiu que pode ser candidato ao governo do Rio Grande do Sul, ainda em 2022. Nesta segunda-feira(18), em entrevista coletiva, o dirigente afirmou que não descarta aceitar o convite do PDT (Partido Democrático Trabalhista). A legenda estadual, inclusive, já lançou campanha nas redes sociais pedindo aceite de Bolzan. Caso decida lançar candidatura, o dirigente terá de se licenciar ou renunciar ao cargo.

Sondado há dois anos para liderar a chapa estadual do PDT, Bolzan falou diversas vezes sobre o tema. A resposta concedida nesta segunda-feira foi a mais assertiva.

"Se eu estou aqui, cara, tratando do futebol, do Grêmio? Essa pauta não existe hoje. Vamos tratar do Grêmio. Eu sou um ser político, mas estou no Grêmio", disse Romildo Bolzan Jr. ao ouvir a primeira pergunta da entrevista sobre eleição estadual.

Perguntado pela reportagem sobre a posição, de forma mais definitiva, o tom mudou.

"Não, não é definitivo. Não é nem sim e nem não. Não é definitivo. O tempo é que vai dizer. O tempo é que vai mandar. Com relação a conversa com o Roger ontem é uma situação que? (início de segunda resposta, sobre outro tema, antes de voltar espontaneamente ao tema eleições estaduais) Também reconheço que está muito longe do melhor momento (para ser candidato ao Palácio Piratini). Só para tu saber. Muito longe. Mas sequer passa pela minha cabeça. Mas também não é uma situação que possa ser?", finalizou.

Aos 62 anos, Bolzan tem mandato como presidente do Grêmio até dezembro. Ele ocupa o cargo desde o início de 2015 e antes, foi prefeito de Osório, município no litoral norte gaúcho, por três vezes. O dirigente também já foi presidente do PDT-RS, função atualmente ocupada por Ciro Simoni, conselheiro gremista e ex-diretor médico do clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos