Presidente do Galo completa 4 meses no cargo e anuncia fim de dívida de R$ 15 mi com os Supermercados BH

Valinor Conteúdo
·5 minuto de leitura


O presidente do Atlético-MG,Sérgio Coelho, completou nesta segunda-feira, 3 de maio, quatro primeiros meses de gestão à frente do Galo. E, o dirigente enviou uma carta aos conselheiros do clube alvinegro fazendo seu primeiro balanço no comando do time mineiro.

E, entre as ações, Coelho citou a quitação de uma dívidas de R$ 15 milhões com os Supermercados BH, um dos patrocinadores do Galo. A empresa de supermercados emprestou dinheiro para o alvinegro, que agora encerrou a pendência.

- Iniciamos, ainda, várias negociações com credores do passado, sempre de forma aberta, mas também firme. Em alguns casos, já, inclusive, concluímos o processo com êxito. Como exemplo, cito uma dívida de 15 milhões existente com o Supermercados BH, que foi quitada 100%, graças às novas contrapartidas comerciais que foram oferecidas àquela empresa-disse.

Recentemente o vínculo entre Atlético e Supermercados BH foi renovado, o que possibilitou o encerramento do débito com a empresa de Pedro Lourenço, que também apoia Cruzeiro e América-MG.

Veja a carta de Sérgio Coelho, para os conselheiros do Galo:

"Conselheiros e conselheiras, bom dia!
Eu e José Murilo Procopio completaremos amanhã, segunda- feira, 120 dias (4 meses) de gestão.
Gostaríamos de aproveitar a ocasião para fazer um breve relato do que foi feito até aqui, como forma de prestação de contas a vocês, que nos elegeram.
1) Nossa primeira medida foi organizar o time de executivos, para formar uma equipe de ponta, assim como aquela que hoje temos dentro de campo; Também mudamos corajosamente a direção do futebol e da base, a fim de buscar profissionais alinhados com o nosso projeto de gestão.
2) Fizemos algumas contratações importantes (Hulk, Nacho, Dodô e Tchê Tchê - sem contar alguns jovens que vieram para a base) e promovemos a mudança no comando técnico, com a chegada do Cuca;
Tudo isso, tendo como norte dois dos nossos pilates: ter um time protagonista e vencedor; e uma base reveladora.
3) No quesito financeiro, pagamos as parcelas devidas à FIFA e outros débitos que não poderiam ser adiados. Mais: todos os salários estão em dia, assim como os tributos.
4) No aspecto jurídico, cumprimos com todas as rescisões trabalhistas que se procederam, sempre de forma amigável e correta. Consequência: apenas uma ação trabalhista foi ajuizada contra o Clube, neste ano, fruto dos desligamentos realizados nesta gestão.

Isso, sem falar nas dezenas de negociações que estavam pendentes (algumas ajuizadas) que conseguimos dar cabo.
Claro, que tudo isso só foi possível graças à inestimável ajuda dos 4Rs (sempre eles!);
5) Iniciamos, ainda, várias negociações com credores do passado, sempre de forma aberta, mas também firme. Em alguns casos, já, inclusive, concluímos o processo com êxito. Como exemplo, cito uma dívida de 15 milhões existente com o Supermercados BH, que foi quitada 100%, graças às novas contrapartidas comerciais que foram oferecidas àquela empresa.

6) Criamos ainda duas estruturas de compliance (termo comumente utilizado no mundo dos negócios para nomear áreas que buscam dar conformidade e segurança jurídica aos atos praticados na instituição). Uma delas, ligada diretamente à presidência, objetiva nos dar segurança de que tudo está sendo feito de forma idônea e dentro dos protocolos, nas diretorias executivas. A outra, ligada ao CEO, cuida de fiscalizar e acompanhar exclusivamente as práticas do departamento de futebol.
7) Nos reunimos, presencialmente, com todas (isso mesmo, todas!) as torcidas organizada do Galo, inclusive com a Grupa, coletivo feminino de atleticanas. Todos esses encontros, sem exceção, ocorreu no mais alto nível e, principalmente, regidos pelo profissionalismo.
8) Em abril, lançamos a nova camisa, intitulada de “traje de luta”. Foi a primeira vez que se fez, em nosso Clube, um lançamento de camisa de forma 100% digital. E o fizemos através da equipe médica do Galo, como forma de homenagear a todos os profissionais de saúde que lutam bravamente contra a pandemia. Também inovamos na parte comercial: todo o foco deste lançamento foi no sentido de priorizar as vendas on-line, através dos portais lojadogalo.com.br e shoppingdamassa.com.br;
Para isso, utilizamos ferramentas modernas, como o Instagram Shopping, e, para impulsionar a campanha, nos valemos de influencers atleticanos e de ensaios fotográficos com todos os atletas, vestindo o “traje de luta“. Estamos, com isso, fortalecendo nossos canais oficiais e as vendas digitais, que além de nos propiciarem maiores margens financeiras, serão o futuro (ou já é o presente?).
10) Na Comunicação, batemos todos os recordes de engajamento nas mídias oficiais do Atlético: Twitter, Instagram e Youtube.
11)Na última semana, apresentamos o Galo Business Day, um marco de transparência e inovação do nosso Clube. Com este evento, não só mostramos a realidade do Galo, como também os nossos projetos e necessidades mais urgentes. Entre as quais, destaco a premência de debelarmos a parte ruim da nossa dívida, que nos obriga a pagarmos juros escorchantes todos os anos.
Reforçamos aqui o que a apresentação mostrou: nos últimos 10 anos, o Clube pagou quase 500 milhões de reais de juros. Vejam que loucura! Meio bilhão jogado fora! Isso é quase o valor de um Diamond ou de uma Arena MRV. Não podemos continuar com isso. Muito em breve, vamos convidá-los para discutirmos com seriedade essa questão. Nossa proposta, também revelada no evento, é a de alienarmos um de nossos ativos para acabar com essa dívida - antes que ela acabe com a gente.
12) Não posso deixar de registrar a campanha do Galo Solidário. Foi um sucesso. Alcançamos a meta inicial de 113 toneladas e, o melhor, a campanha mexeu com muita gente e foi um símbolo da mobilização social que nosso Clube pode fazer em prol da sociedade mais carente. A ação foi fundamental para mostrar que Atlético tem futebol, tem gestão, mas também tem responsabilidade social.
13) Na Arena MRV, também temos um feito: neste período de 4 meses, a obra andou com cronograma rigorosamente em dia.

14) Por fim, ontem, 1o de maio, lançamos, para nossos funcionários, um pacote de benefícios, entre os quais a possibilidade de fazer cursos on-line bancados pelo Atlético e a de frequentar a Villa Olímpica, sem qualquer custo.
Ser presidente ou vice do Atlético, não é tarefa fácil. Exige muito trabalho e dedicação.
Não obstante, seguimos motivados e firmes no propósito de fazer o melhor para nosso Clube.
Forte abraço,
Sérgio Coelho
Presidente
José Murilo Procópio
Vice-Presidente