Presidente do Freiburg é indicado para comandar Federação Alemã de Futebol

AFP
Fritz Keller, le président du SC Fribourg, avant le coup d'envoi du match contre Stuttgart, le 16 septembre 2018 à Fribourg
Fritz Keller, le président du SC Fribourg, avant le coup d'envoi du match contre Stuttgart, le 16 septembre 2018 à Fribourg

Fritz Keller, presidente do Freiburg, foi designado nesta quinta-feira para ocupar a partir de setembro a presidência da Federação Alemã de Futebol (DFB) e suceder Reinhard Grindel, demitido por ter recebido um luxuoso presente.

O nome de Keller recebeu o apoio unânime de uma comissão da DFB e será submetido à votação da assembleia geral, que deve elegê-lo formalmente como presidente no próximo dia 27 de setembro.

Candidato surpresa, Keller é um viticultor e empresário do setor hoteleiro de 62 anos, proprietário também de um restaurante de uma estrela Michelin em Oberbergen, no vale do Reno.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Seu antecessor, Reinhard Grindel, se demitiu no início de abril, depois de ser acusado de aceitar um relógio de 6 mil euros como presente do vice-presidente ucraniano Grigoris Surki.

Envolvido por sua vez em outras recentes polêmicas, ele renunciou também ao seu posto de vice-presidente da Uefa e de membro do Conselho da Fifa.

O dirigente foi alvo de críticas pesadas de Mesut Özil depois da Copa do Mundo de 2018, que disse que descriminavam os jogadores da seleção alemã de origem turca: "Aos olhos de Grindel e seus apoiadores, eu sou um alemão quando ganhamos, mas um imigrante quando perdemos", disparou o meia do Arsenal, fechando a porta da seleção, na qual nunca mais voltou a jogar.

Leia também