Presidente eleito do Santos pretende acompanhar delegação contra o Boca, na Argentina

Fábio Lázaro
·1 minuto de leitura


Nesta quarta-feira (23), o Santos conheceu o seu adversário na fase semifinal da Conmebol Libertadores da América, será o Boca Júniors (ARG), que bateu o Racing (ARG) por 2 a 0, em La Bombonera e garantiu a sua a vaga entre os quatro melhores times sul-americanos da temporada.

O primeiro duelo dos Xenises diante do Peixe será no dia 6 de janeiro, em Buenos Aires. O Alvinegro já terá em sua liderança o novo presidente, Andrés Rueda, que afirmou que pretende acompanhar o elenco presencialmente na capital argentina.

- Eu pretendo estar presente, sim. É um momento importantíssimo para o clube. Acho que a presença do presidente, do Comitê de Gestão, é fundamental. Estaremos, sim - disse o novo mandatário à reportagem.

Existia a incerteza da participação ativa de Andrés Rueda na viagem internacional. O empresário de 64 anos faz parte do grupo de risco em decorrência da pandemia do novo coronavírus, tanto que tem priorizado a sua
participação à distância em eventos.

Além de Rueda, formam o Comitê de Gestão do Santos a partir de janeiro, o vice-presidente José Carlos de Oliveira e mais sete gestores: Dagoberto Oliva, José Berenguer, José Renato Quaresma, Rafael Leal, Ricardo Campanaro, VItor Sion e Walter Schalka.