Adson Batista: "Não gosto de medalhão de barriga cheia no Atlético-GO"

·2 min de leitura
Marlon Freitas, em ação pelo Atlético-GO. Foto: Robson Mafra/AGIF

Após o nono lugar na Série A do Brasileiro, o Atlético-GO espera se consolidar na competição pelo terceiro ano consecutivo. O presidente Adson Batista comemora o modelo de gestão implementado, dentro da realidade so clube. 

"A realidade é que gestão, organização, estrutura, ambiente favorável, isso serve muito para o atleta. Aqui no Atlético, a gente não tem maus profissionais. Jogador que comete equívocos e persiste nisso, tem vida curta. A gente quer jogadores que buscam coisas maiores na vida. Esse é o nosso perfil e buscamos isso, com trabalho de muita observação e potencial. Eu não gosto de jogador em fim de carreira, com a barriga cheia. Não adianta eu ficar sonhando com medalhão, que não tenha motivação de vestir a nossa camisa", afirmou, em entrevista exclusiva à Rádio Bandeirantes, com a presença do blog

Adson ainda entende que as diferenças são grandes para os times maiores, mas vê o Atlético bem, sem margem de erros. 

"O Atlético está ficando experiente com o terceiro ano consecutivo na Série A. Não posso errar e tenho que saber o que o jogador pensa, com o meu passado no futebol. Tenho margem de erro zero e não posso contratar como clubes contratam vários jogadores, alguns não funcionam e ficam vegetando e tirando o dinheiro do clube", ressaltou.

Para 2022, a diretoria ainda busca reforços, depois da saída de alguns atletas. O atacante Janderson, emprestado pelo Corinthians, foi um deles. 

"Janderson é um menino puro, muito bom, mas precisa maturar um pouco mais. Hoje, o Corinthians é maior do que o Janderson. Penso que no Grêmio, na Série B, pode ser um desafio com mais tranquilidade para ele", avaliou. 

O volante Marlon Freitas, principal nome do time, recebeu algumas propostas, sem muitas vantagens financeiras para o Atlético, permanecendo em Goiânia.

 No comando técnico, Marcelo Cabo está mantido, segundo o presidente.

"Ele atingiu as metas, é muito identificado com o clube e neste momento é o treinador do Atlético-GO", concluiu. 

Em 2022, o Atlético-GO vai disputar o Campeonato Goiano, Copa Verde, Copa do Brasil, Série A do Brasileiro e Copa Sul-Americana. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos