Presidente da U. Católica elogia Holan e espera que ele siga no clube

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


O presidente da Universidad Católica, Juan Tagle, espera manter o técnico Ariel Holan no clube para a temporada 2021. Campeão nacional, o treinador interessa ao Santos e tem uma cláusula de saída sem multa antes do dia 21 de fevereiro. Em entrevista ao La Tercera, Tagle fez diversos elogios ao trabalho de Holan na temporada.

>> Confira a tabela atualizada do Campeonato Brasileiro

- Nós desejamos muito que Ariel continue. Ele fez um grande trabalho, conquistou o título, nos fez sonhar com a Copa Sul-americana, valorizou jogadores, utilizou jogadores da casa. Claro que gostaria (da continuidade), mas é uma situação que precisamos ver sem drama porque nós mesmos construímos essa situação - afirmou o presidente.

Tagle explicou que a ausência de multa no contrato antes do dia 21 foi uma opção para tentar buscar um técnico de um nível mais alto e ao menos tempo ter uma liberdade de dispensá-lo caso sem custos para o clube caso os resultados não fossem atingidos.

O dirigente, no entanto, admitiu que será difícil atender aos pedidos de Holan. O treinador espera condições melhores para poder brigar na Copa Libertadores, mas Juan Tagle afirmou que é impossível competir com times brasileiros e argentinos e ainda criticou a Conmebol.

- Somos realistas. Não estamos nem perto dos clubes brasileiros e argentinos. Por isso, é difícil imaginar um elenco com a competitividade dos grandes da América. Falta um fair play da Conmebol, uma responsabilidade financeira por parte dos clubes e uma punição quando ela não seja cumprida - afirmou.