Presidente da Fifa pede estádios com o nome do Rei Pelé em todos os países do mundo


Em velório realizado na Vila Belmiro, Gianni Infantino, presidente da Fifa, prestou sua homenagem a Pelé, falecido na última quinta-feira, e prometeu grandes ações da federação em memória ao Rei do Futebol. Além dos minutos de silêncio por todo o planeta, Infantino propôs que cada país do mundo tenha um estádio com seu nome.

- Com muita emoção, tristeza, mas também com sorriso porque ele nos deu muitos sorrisos. Como Fifa, vamos homenagear o "Rei" e pedimos para que o mundo inteiro respeite um minuto de silêncio. Vamos pedir para que todos os países do mundo tenham pelo menos um estádio com o nome do Pelé, para que as crianças saibam a importância dele - declarou Infantino.

+ Veja curiosidades da trajetória de Pelé, o maior jogador da história

Desde as 10h (de Brasília), o estádio do Santos, palco de grandes atuações do Rei do Futebol, recebe fãs, amigos, personalidades e familiares do ídolo mundial para cerimônia especial.

Edson Arantes do Nascimento estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Durante um mês, ele lutou contra um câncer no cólon, mas não resistiu. Aos 82 anos, Pelé deixa seis filhos, sua esposa Márcia Aoki e sua mãe Celeste, que completou 100 anos há menos de dois meses.

Pelé com Infantino
Pelé com Infantino

Presidente da Fifa desde 2016, Infantino se encontrou com Pelé em algumas oportunidades (Divulgação / FIFA)