Presidente da Fifa confirma presença em velório do Rei Pelé, em Santos

Pelé ao lado de Gianni Infantino, presidente da Fifa desde 2016 (Divulgação / FIFA)


Presidente da Fifa, Gianni Infantino confirmou presença no velório de Pelé nesta segunda-feira, que será realizado na Vila Belmiro, a partir das 10h (de Brasília). De acordo com o jornal "O Globo", o dirigente ligou para Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, e informou que estará na cerimônia de homenagens aberta ao público. Ele se junta a Alejandro Dominguez, presidente da Conmebol, e ao próprio Ednaldo, entre os nomes de federações presentes na homenagem ao Rei do Futebol.

O velório do Rei deve durar 24h, com encerramento apenas às 10h (de Brasília) desta terça-feira. Em seguida, o corpo de Edson Arantes do Nascimento será cortejado pelas ruas de Santos até o Memorial Necrópole Ecumênico, cemitério vertical onde será enterrado. A entrada no local será reservada aos familiares e amigos próximos.

+ Gols, títulos, prêmios e estatísticas: veja números da brilhante carreira do Rei Pelé

Nas suas redes sociais, Infantino lamentou a morte do Rei do Futebol e ressaltou que Pelé fez coisas que nenhum outro jogador sonharia. Ele também publicou fotos com o Rei, um vídeo em agradecimento ao seu futebol e carisma, e fotos importantes do ídolo mundial no decorrer da carreira.

- A vida dele (Pelé) é mais do que futebol. Ele mudou percepções para melhor no Brasil e em todo o mundo. Seu legado é impossível de ser escrito em palavras - escreveu Infantino, na última quinta-feira, após o falecimento do Rei.

Pelé faleceu na tarde da última quinta-feira, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A lenda do esporte lutava contra um câncer no cólon há cerca de um ano e teve falência múltipla de órgãos confirmada em boletim médico oficial. Edson Arantes do Nascimento deixa seis filhos, sua esposa Márcia Aoki e sua mãe Celeste, que completou 100 anos em novembro do ano passado.