Presidente da Coreia do Sul parabeniza seleção por vaga nas oitavas da Copa

Coreia do Sul conquista vaga nas oitavas da Copa do Mundo (Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP)


Após vencer Portugal de virada e nos acréscimos por 2 a 1, na última rodada do Grupo H da Copa do Mundo do Qatar, a Coreia do Sul avançou às oitavas de final. A seleção comandada por Paulo Bento agora enfrenta o Brasil no mata-mata, na segunda-feira, às 16h (de Brasília), já que ficou em segundo na chave, enquanto os donos da Amarelinha ficaram em primeiro.

Presidente do país, Yoon Seok-yeol enviou uma mensagem formal à Associação Coreana de Futebol (KFA) manifestando todo o orgulho do feito, além de tentar incentivar os jogadores para o próximo passo.

> Brasil contra asiáticos: relembre os últimos 15 jogos em competições oficiais

- A determinação e paixão de vocês tocaram muito nosso povo. Continuem demonstrando o mesmo potencial que prepararam e aproveitem a próxima partida. Agora o desafio recomeça! - diz um trecho da mensagem.

O presidente da Confederação Asiática de Futebol (AFC), Sheikh Salman bin Ibrahim Al Khalifa, também se pronunciou através de uma mensagem ao presidente da Associação Coreana de Futebol (KFA), Chung Mong-kyu, para parabenizar a Coreia do Sul pela vaga nas oitavas de final.

> Confira a tabela completa e classificação da Copa do Mundo!

- Espero que você envie meus cumprimentos a todo o elenco que teve um desempenho feroz e inspirador na fase de grupos. A família do futebol asiático está orgulhosa do desempenho da seleção coreana e deseja-lhes a melhor sorte no torneio - parabenizou Salman.

Confira, na íntegra, a mensagem do Presidente da Coreia do Sul à seleção pela vaga nas oitavas da Copa do Mundo:

"O desafio recomeça.

Parabéns à Seleção Sul-Coreana de Futebol por chegar às oitavas de final.

Caros jogadores, treinadores e comissão técnica,

A determinação e paixão de vocês tocaram muito nosso povo.

Continuem demonstrando o mesmo potencial que prepararam. Aproveitem a próxima partida como tem sido até agora.

Além de vitórias e derrotas, o futebol coreano está sendo mostrado ao mundo inteiro.

Estou ansioso para que sigam mostrando.

Vou apoiá-los também. Lutando!"