Presidente da Conmebol presta homenagem a Dinamite: 'Deixou marca no futebol sul-americano'

Roberto Dinamite morreu neste domingo, aos 68 anos (Foto: Matheus Guimarães/LANCE!)


Ídolo do Vasco, Roberto Dinamite morreu neste domingo, aos 68 anos. Principal artilheiro do clube carioca e maior goleador do Brasileirão, o ex-jogador lutava contra um câncer no intestino. Presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez prestou homenagem ao craque.

- Lamento profundamente a partida de Roberto Dinamite. Obrigado por deixar sua marca no futebol sul-americano. Envio minhas condolências à sua família e ao futebol brasileiro - escreveu o presidente da entidade sul-americana.

+ Roberto Dinamite morre aos 68 anos, maior ídolo da história do Vasco

Roberto Dinamite descobriu câncer no intestino no fim de 2021, e desde então, tratava a doença. Nas últimas semanas, o ex-jogador apareceu bastante debilitado nas redes sociais. O craque morreu nesta manhã no Hospital da Unimed, na Barra da Tijuca.

+ Morre Roberto Dinamite: relembre os maiores feitos do craque com a camisa do Vasco

Pelo Cruzmaltino, Dinamite conquistou cinco Cariocas, além do Campeonato Brasileiro de 1974. O ex-jogador também atuou no Barcelona e encerrou a carreira na Portuguesa-SP. 'Bob' somou passagem também pela Seleção Brasileira.

+ Casimiro: 'Vasco da Gama e Roberto Dinamite serão para sempre um só'

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.