Presidente da CBF responde provocação de Abel Ferreira, do Palmeiras, sobre calendário

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


Após o confronto com o Fortaleza no último domingo (14), pelo Brasileirão, o treinador do Palmeiras, Abel Ferreira, voltou a criticar o calendário do futebol brasileiro. O português, na entrevista coletiva, afirmou que o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, havia falado com o mandatário da FIFA, Gianni Infantino, sobre o assunto, e pediu para que a conversa fosse divulgada.

– Eu gostaria que o presidente da CBF pudesse revelar tudo aquilo que o presidente da FIFA lhe disse. Quem manda no futebol brasileiro tem que ter coragem. Há decisões que se têm que tomar, e perceber que é impossível se preparar para um Mundial com essa densidade. Gostaria que o presidente da CBF revelasse o que o presidente da FIFA lhe disse – disse o técnico do Verdão.

>> Confira a classificação atualizada do Brasileirão e faça sua simulação
>> Jornal escolhe os 50 melhores jogadores sub-20 do mundo; lista tem brasileiros


Após as falas, Caboclo emitiu um comunicado, divulgado pelo jornalista Danilo Lavieri em seu blog no Uol Esporte, em resposta ao português, afirmando que tal conversa jamais existiu.

– O Presidente da CBF, Rogério Caboclo, afirma, em relação às declarações do treinador do Palmeiras, Abel Ferreira, que não teve com o Presidente da FIFA, Gianni Infantino, absolutamente nenhuma conversa concernente ao calendário do futebol brasileiro ou à Sociedade Esportiva Palmeiras durante sua estada no Catar, onde acompanhou o Mundial de Clubes. A CBF reforça ainda que, ao longo da temporada, o clube disputou somente as partidas com as quais se comprometeu contratualmente, sem a interferência da entidade, sendo essa a dimensão do calendário disputado com enorme êxito pela equipe - dizia a nota.

Esta não foi a primeira vez que Abel reclamou da quantidade de partidas disputadas pelo Palmeiras, algo que tem sido uma crítica recorrente do técnico em suas entrevistas coletivas, dado que o clube enfrenta uma grande maratona de jogos na atual temporada.

Em meio a esta maratona, o Verdão entra em campo novamente na próxima quarta-feira (17), às 19h30 (horário de Brasília), contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro.