Presidente da CAF, positivo para covid-19, deixa o cargo temporariamente

·1 minuto de leitura
Ahmad Ahmad, presidente da Confederação Africana de Futebol, tem covid-19
Ahmad Ahmad, presidente da Confederação Africana de Futebol, tem covid-19

O presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), o malgaxe Ahmad Ahmad, deixou temporariamente o cargo para se concentrar em sua recuperação após ser diagnosticado com covid-19, anunciou a CAF nesta sexta-feira (13).

"Por recomendação de seus médicos", Ahmad Ahmad terá um período de convalescença "de no mínimo 20 dias, durante o qual deverá limitar os esforços para recuperar totalmente suas energias”, explica a CAF em nota.

“Essa indisponibilidade temporária dificulta que ele continue com normalidade uma função que exige plena saúde.

O primeiro vice-presidente, Sr. Constant Omari, assumirá provisoriamente a direção-executiva da CAF, até o dia 30 de Novembro de 2020", explica a entidade, com sede no Cairo.

Ahmad Ahmad, de 60 anos e no cargo desde março de 2017, anunciou que testou positivo para covid 19 em 30 de outubro, quando afirmou que apresentava "sintomas leves" e que estava "bem".

./jr/ebe/dr/jc/mvv