Presidente do Cruzeiro fala sobre planejamento do clube caso não alcance o acesso à primeira divisão

LANCE!
·1 minuto de leitura


O convidado do Bola da Vez inédito desta semana é o presidente do Cruzeiro Sérgio Santos Rodrigues. No programa apresentado por André Plihal com participações de Mauro Cézar e Guilherme Piu, o cartola falou sobre o planejamento do clube mineiro para dar a volta por cima caso não conquiste o acesso para a primeira divisão neste ano. O Bola da Vez será atração do canal ESPN Brasil neste sábado, às 20h.

Após vencer duas vezes a Copa do Brasil (2017 e 2018), em 2019 o Cruzeiro foi rebaixado pela primeira vez em sua história no Campeonato Brasileiro. Sérgio Rodrigues assumiu então a gestão do clube mineiro em 2020 com a missão de reerguer o time e conquistar o acesso para a primeira divisão em preparação para o ano do centenário da equipe.

Durante o Bola da Vez, o cartola respondeu qual seria o planejamento para o Cruzeiro caso o clube não conquiste o acesso para a primeira divisão do Brasileirão neste ano.

- Em curto prazo a gente pensa no direito de TV, mas a gente não pensa no impacto que isso pode dar em bilheteria, por exemplo. Existem casos de clubes que permaneceram na segunda divisão e a bilheteria até aumentou - comentou Sérgio Rodrigues, que depois comentou sobre patrocínios.

- Nós fomos talvez o único clube que apresentou cinco novos patrocinadores durante a pandemia. Inclusive vários dele já caminhando para a renovação no ano que vem. Mas se a gente for pensar de forma rasa, eu chutaria uns 90 milhões de reais em relação ao direito de TV, aí teríamos que pensar em um novo orçamento no ano que vem, mas acreditamos que podemos monetizar de outras formas, já que ano que vem é o centenário do Cruzeiro - explicou o cartola.