Presidente do COI relata conversa com tenista chinesa e vídeos de Peng inundam as redes

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Peng Shuai, de 35 anos, ex-número um do mundo em duplas e uma estrela na China, não se manifesta publicamente desde que denunciou um poderoso político do Partido Comunista Chinês (AFP/GREG BAKER)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (CIO), Thomas Bach, falou com a tenista chinesa Peng Shuai em uma videoconferência de cerca de "30 minutos" de duração neste domingo (21) - anunciou o órgão olímpico em um comunicado, no mesmo dia em que imagens da atleta, supostamente de hoje, inundaram as redes.

Segundo o COI, Peng "explicou que está sã e salva em sua casa em Pequim, mas que gostaria que sua vida privada fosse respeitada".

A jogadora, acrescenta o COI, disse que "prefere passar um tempo com seus amigos e com sua família, no momento".

Esta foi primeira troca ao vivo entre a tenista e alguma autoridade esportiva de fora da China desde o início deste escândalo.

Também participaram da conversa a presidente da Comissão dos Atletas, Emma Terho, e a chinesa Li Lingwei, membro do Comitê Olímpico.

"Estou aliviada por ver que Peng Shuai está bem. Era nossa maior preocupação", completou Emma Terho, no mesmo comunicado.

Também neste domingo, a estrela chinesa do tênis Peng Shuai apareceu em um torneio de tênis em Pequim, segundo fotos oficiais do evento, depois do aumento da pressão internacional por informações sobre seu paradeiro.

Peng aparece com um casaco azul e calça de moletom branca no torneio de tênis infantil Fila Kids Junior Tennis Challenger Finals, de acordo com fotos divulgadas no perfil oficial do Aberto da China na rede social Weibo, o Twitter chinês.

Esta seria sua primeira aparição oficial desde que sua denúncia de abuso sexual foi censurada na Internet chinesa.

Peng, de 35 anos, ex-número um mundial em duplas e uma na China, não se manifesta publicamente desde que acusou Zhang Gaoli, um poderoso ex-dirigente do Partido Comunista Chinês, 40 anos mais velho, de tê-la forçado a manter relações sexuais.

Após várias denúncias internacionais de governos e estrelas do tênis, veículos da imprensa oficial chinesa divulgaram uma enxurrada de imagens para assegurar que Peng está em boas condições.

Um vídeo do evento de domingo tuitado pelo editor do jornal Global Times, Hu Xijin, mostra Peng em um estádio entre um grupo de convidados, cujos nomes foram anunciados por alto-falante.

Um repórter do Global Times tuitou outro vídeo de Peng dando autógrafos para crianças, no que parece ser o mesmo estádio, antes de posar com elas para fotos.

Os vídeos se somam a outras imagens divulgadas por Hu na noite de sábado. A primeira delas mostra Peng entrando em um restaurante, de casaco, chapéu e máscara. Há uma placa que diz Beijing Yibin Guesthouse, um restaurante de Pequim pertencente ao governo local de Sichuan.

No segundo vídeo, Peng está sem máscara, sentada em uma mesa, conversando com outras pessoas.

A AFP não conseguiu verificar a autenticidade dos vídeos.

Hu tuitou, em inglês, que o segundo vídeo mostra "Peng Shuai jantando com seu treinador e amigos em um restaurante. O conteúdo do vídeo mostra claramente que eles foram filmados no sábado, horário de Pequim". A conversa teria girado em torno de "partidas de tênis".

Um homem sentado com Peng e duas mulheres disse "amanhã é 20 de novembro", mas uma das mulheres corrige-o, dizendo "são 21", para dar a entender que o vídeo foi gravado no sábado.

Em imagens gravadas tarde da noite de um celular, Peng parece relaxada.

Steve Simon, presidente da WTA, entidade que administra o circuito de tênis feminino, considerou os vídeos "insuficientes" para mostrar que Peng Shuai está bem de saúde, já que as imagens não mostram se a tenista "é livre em suas decisões e ações".

"Deixei claro o que deve acontecer. Nossa relação com a China está em uma encruzilhada", acrescentou o presidente da WTA, uma organização que ameaçou rescindir contratos lucrativos com a China, se não receber informações sobre o estado de saúde de Peng e sobre seu paradeiro.

sbr/jhd/iga-mcd/mas/jvb/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos