Presidente do Botafogo garante autonomia total a CEO: 'Eu tenho que assinar, mas ele vai tomar o rumo'

LANCE!
·2 minuto de leitura


O Botafogo ganhou um novo comando. Pelo menos é o que garante Durcesio Mello, presidente do clube, sobre Jorge Braga, CEO contratado e anunciado pelo Alvinegro na tarde desta quarta-feira para guiar o Glorioso durante os próximos meses.

+ Botafogo vai extrapolar teto salarial para contratar meia e atacante, afirma presidente

Em entrevista concedida à "BotafogoTV", Durcesio afirmou que Jorge Braga terá total espaço e liberdade para trabalhar no clube de General Severiano. A assinatura final até pode ser do presidente, mas todas as decisões serão tomadas pelo CEO, garantiu o dirigente.

- No começo é muito conversa, teremos reuniões com os departamento para se inteirar das situações. É arregaçar as mangas e começar a trabalhar. Estarei do lado dele sem interferir no trabalho porque a promessa é autonomia total para ele. Estamos em um modelo associativo, então eu tenho que assinar ainda, mas ele vai ser o cara que vai dizer tudo que tem que vai fazer e vai tomar o rumo do novo Botafogo. Tem um fase de 60 a 90 dias para ele se inteirar sobre a situação mas depois é muito trabalho pela frente - afirmou Durcesio.

O presidente não escondeu a animação com a contratação de Jorge Braga. A chegada de um CEO era uma das principais bandeiras defendidas pelo presidente desde a época de campanha para assumir o cargo no Botafogo durante as eleições, no ano passado.

+ Carli faz primeiro treino com Chamusca no Botafogo: 'Estou muito bem fisicamente'

- Hoje é um dia histórico para o Botafogo. Particularmente estou muito feliz, era uma das bandeiras da nossa gestão. Estou muito animado e satisfeito, vai ser uma gestão fantástica, para colocar o Botafogo em outro nível de profissionalismo, com governança e cumpliance. (Jorge Braga) Foi escolhido em processo seletivo sólido e rigoroso pela empresa que contratamos e pelas três pessoas que me ajudaram nessa processo. Estou muito convicto de que ele é a pessoa certa para levar o Botafogo para o lugar que deve estar - colocou.