Goleado no Alemão, Dortmund quer reagir na Champions contra embalado Monaco

Berlim/Paris, 10 abr (EFE).- Atropelado por 4 a 1 pelo Bayern de Munique no último sábado, pelo Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund tentará mostrar reação nesta terça-feira, em partida de ida pelas quartas de final da Liga dos Campeões, contra um Monaco embalado por ótimas campanhas nas disputas domésticas e continental.

Mandante do confronto, que será disputado no Signal Iduna Park, o Dortmund terá uma tarefa complicada não só pelo bom momento do adversário - líder do Campeonato Francês, vice-campeão da Copa da Liga Francesa e que está nas semifinais da Copa da França - como por ter desfalques de peso.

Lesionados, Mario Götze, Marco Reus e André Schürrle farão falta ao setor ofensivo da equipe alemã. Porém, para o lateral e capitão Marcel Schmelzer, apesar das ausências, a chave para a classificação em duelo com um time com força no ataque como o Monaco pode estar na retaguarda.

"Embora eles tendam a marcar muitos gols, partidas como esta sempre são ganhas a partir de um bom trabalho defensivo", disse Schmelzer à revista "Kicker".

E a afirmação de Schmelzer conta com o peso de um representante do segundo time que mais balançou a rede na atual edição da 'Champions', 25 vezes, uma a menos do que o Barcelona. Já o Monaco marcou 15 gols.

Já o Monaco, embora seus dirigentes continuem a repetir o discurso de que a conquista da Liga dos Campeões é o principal objetivo da equipe treinada por Leonardo Jardim, surpreende a muitos.

A vitória de sexta-feira sobre o Angers por 1 a 0, fora de casa, com gol de Falcao, foi a de uma equipe que jogou "para o gasto" e que pensava em reservar forças para o decisivo jogo contra o Dortmund. A jovem promessa Kylian Mbappé, que não esteve em campo, deve voltar ao time titular na Alemanha.

Por outro lado, Tiémoué Bakayoko, suspenso, e Djibril Sidibé, vítima de uma apendicite, desfalcarão o time do Principado. Quem ganha espaço com esta última ausência é o criticado Almamy Touré, que terá sua terceira partida consecutiva entre os titulares.


Prováveis escalações:.

Borussia Dortmund: Bürki; Piszczek, Sokratis, Bartra e Schmelzer; Weigl, Dembelé, Kagawa, Guerrero e Pulisic; Aubameyang. Técnico: Thomas Tuchel.

Monaco: Subasic; Touré, Glik, Jemerson e Mendy; Bernardo Silva, Fabinho, Moutinho e Lemar; Falcao e Mbappé. Técnico: Leonardo Jardim.

Árbitro: Daniele Orsato (Itália), auxiliado pelos compatriotas Mauro Tonolini e Lorenzo Manganelli.

Estádio: Signal Iduna Park, em Dortmund. EFE