Preservado por Pintado, goleiro João Paulo apresenta números expressivos no Brasileirão

·1 minuto de leitura


Opção no banco da Chapecoense na última segunda-feira (16), no empate por 1 a 1 diante do América-MG pelo Campeonato Brasileiro, o goleiro João Paulo realizou 17 jogos na temporada, 13 deles pela elite do futebol brasileiro. O jovem briga na parte de cima em diversas estatísticas relevantes mas foi preservado pelo técnico Pintado na última rodada.

Até o início da última rodada que se encerrou na segunda-feira, João era o segundo goleiro com o maior número de defesas por jogo no Brasileirão (3,5). Empatado com Gabriel Chapecó (Grêmio) e atrás apenas de Daniel (Internacional – 3,7). Além disso o atleta possuía o sexto melhor rating entre todos os goleiros do campeonato (6,79).

O jogador também tem outros números interessantes. Ele é o primeiro com o maior número de chutes sofridos no Brasileirão (69), e o sexto com o maior número de defesas no campeonato brasileiro (48). Estatística liderada pelo Cássio (Corinthians) com 53. Do total de chutes que levou na temporada, incluindo os quatro jogos do catarinense, João tem uma porcentagem de defesas 72,73%. Os dados foram obtidos através das plataformas Sofascore e Wyscout.

Formado nas categorias de base, João é um ativo do clube. O jogador de 20 anos tem contrato com a Chapecoense até dezembro de 2024 e a multa contratual é de R$ 12 milhões para o mercado interno e 12 milhões de euros para o mercado externo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos