Presente de Natal? São Paulo procura atacantes 'de ponta' para 2022

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Rogério Ceni
    Futebolista brasileiro


O São Paulo vem trabalhando no mercado da bola para reforçar a equipe para 2022. E um dos setores vistos mais de perto pela diretoria é o ataque. O Tricolor quer acertar com um atacante de renome para suprir uma ausência citada até mesmo por Rogério Ceni: o um contra um.


Dois nomes são vistos com mais carinho pelo São Paulo: o venezuelano Soteldo e Douglas Costa, que está em baixa no Grêmio após o rebaixamento do clube gaúcho para a Série B. No entanto, as chegadas são difíceis e dependem de acertos financeiros.

A situação do venezuelano é difícil. Soteldo recebe cerca de R$ 2 milhões por mês e não tem intenção de baixar os seus vencimentos. Somente uma composição financeira com um parceiro pode possibilitar a chagada de Soteldo com esse salário. Por isso, o São Paulo vê o negócio como difícil.

Já a negociação por Douglas Costa deu uma esfriada nos últimos dias. O jogador tem propostas de clubes do exterior e uma saída do futebol brasileiro não está descartada. Além disso, como o caso de Soteldo, o jogador possui um salário alto para os padrões do São Paulo, que está em grave crise financeira.

O técnico Rogério Ceni já havia admitido a procura de reforços dessa posição depois do último jogo da temporada.

- Posições (de reforços) serão passadas para a direção, já citei várias vezes em entrevistas coletivas, faltam algumas posições, de um contra um, de lado de campo, é minha opinião, minha análise, que passarei provavelmente em reunião amanhã com a direção - afirmou o treinador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos