Preocupado com lesões, técnico da Argentina revela pedido para os clubes antes da Copa do Mundo

Lionel Scaloni tem ideia da equipe titular para a estreia contra a Arábia Saudita (Foto: GLYN KIRK / AFP)


Faltando 11 dias para o início da Copa do Mundo, as principais competições de futebol seguem a todo vapor. Por outro lado, os técnicos de seleções temem pela saúde dos seus atletas, uma vez que uma lesão nesta altura é sinal de extrema preocupação.

Por conta disso, Lionel Scaloni, técnico da Argentina, revelou ter conversado com treinadores de diversas equipes com um pedido para os próximos dias.

> Veja a tabela da Copa do Mundo

- É difícil (conseguir a liberação de jogadores antes do dia 13 de novembro), pois os clubes jogam muitas coisas. Faremos força para que quem não esteja em plenas condições não disputa uma partida em seu clube. Mas o que está perto de 100% não privá-lo de jogar, pois é melhor para a gente - disse em entrevista à "TNT Sport".

Uma das situações mais preocupantes é a de Lionel Messi, que não disputou o último jogo do Paris Saint-Germain por conta de uma inflamação em um tendão. No entanto, Scaloni fez questão de dar tranquilidade aos argentinos.

- Há alguns (jogadores) que, por precaução, não jogarão os últimos jogos, mas sabemos que estão bem e é uma decisão pensando no está por vir, e outros que deverão nos dar ferramentas para saber se respondem dentro de campo.

Até o momento, Scaloni tem o conhecimento de que não poderá contar com o meia Lo Celso, que está lesionado. O atacante Paulo Dybala e o zagueiro Cuti Romero também são dúvidas para a convocação da Albiceleste.