Premier League promete medidas rigorosas em caso de retorno


Caso o Campeonato Inglês volte a ser jogado, medidas severas de restrições serão impostas aos times durantes treinos e jogos, de acordo com o “Daily Telegraph”. Não haverá comemorações de gols em grupo, jogadores não poderão dividir garrafas de água ou cuspir no gramado, pois estarão passíveis a punições.

Há a expectativa de que na próxima segunda-feira sejam votadas maneiras para completar as rodadas que restam da Premier League. E medidas de saúde e segurança também serão abordadas e podem durar até um ano.

As regras devem começar a valer de três a quatro semanas antes do possível retorno da competição em junho. Essa medida visa um tempo hábil para que os jogadores se adaptem aos novos modelos de convívio durante os treinos e jogos em período de pandemia.

Há também a possibilidade de que os atletas sejam punidos caso desrespeitem algumas regras desse novo protocolo,como cuspir no campo, por exemplo. Michel D’Hooghe, presidente do comitê médico da Fifa, explicou como seria possível.

- Essa é uma prática muito comum e pouco higiênica. Quando começarmos o futebol novamente, devemos evitar essa prática ao máximo. A questão é se isso será possível. Talvez eles (árbitros) possam dar cartão amarelo.

O plano de diversos times na Inglaterra é que os treinos possam voltar de forma gradual no mês de maio e com os jogos retornando no próximo mês de junho com os portões fechados e em campos neutros.











Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também