Premier League proíbe clubes de usarem uniformes de visitante em apoio a caridade

·1 min de leitura
Bolas usadas pela Premier League no gramado antes de partida entre Leeds United e Sheffield United

(Reuters) - A liga inglesa recusou um pedido dos clubes para usar seus uniformes de visitante em partidas em casa no dia 26 de dezembro em apoio à instituição de caridade para pessoas sem teto Shelter, noticiou a mídia britânica.

Na terça-feira, a Shelter tuitou que está lançando a campanha "#NoHomeKit", que pede que times e torcedores "descartem as cores de casa em seus uniformes de visitante, mostrando apoio às pessoas que não têm um lar seguro".

O canal Sky Sports noticiou que a Shelter abordou nove times ingleses que jogarão em casa no feriado a respeito da questão das pessoas sem teto e como eles poderiam ajudar a arrecadar fundos para a instituição. A reportagem disse que camisas de jogos em casa sem uso seriam autografadas pelos jogadores e depois leiloadas.

"A Premier League recebe um número grande de solicitações de instituições de caridade a cada temporada. Entretanto, não somos capazes de apoiar todas centralmente", disse o porta-voz da liga ao Sky Sports.

"Os clubes têm direito de apoiar causas de caridade, e incentivamos os clubes a fazê-lo, contanto que em cumprimento das regras da Premier League."

Osama Bhutta, diretor de campanhas da Shelter, disse que a entidade quer conscientizar a respeito das pessoas sem teto através da campanha.

"Acreditamos que 'lar' significa tudo. Queremos usar o poder positivo do futebol neste Natal, e nossa conexão compartilhada com o 'lar', para conscientizar a respeito das pessoas sem teto e o que todos podemos fazer para combater o problema", disse Bhutta.

(Por Manasi Pathak em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos