Premier League planeja retorno em junho e medidas de segurança


O Campeonato Inglês vislumbra uma volta da competição no início de junho. A data limite que os organizadores enxergam para terminar a competição é no dia 31 de julho, pois terminar em junho será inviável e o objetivo é evitar conflitos de contratos de jogadores e patrocinadores. No entanto, algumas medidas de segurança precisam ser tomadas e já começam a ser pensadas.

Apesar de não ter uma definição sobre onde serão os jogos, se nos estádios dos times, em uma única central ou se nos campos de treinamentos, o “The Mirror” divulga que uma das ideias é fechar um hotel para as equipes mandantes e visitantes para passarem até seis semanas isoladas, podendo sair apenas para treinar e jogar, caso os times queiram atuar em seus domínios.

Outra opção que se estuda na Inglaterra é para que as partidas sejam transmitidas gratuitamente para que os torcedores evitem se reunir, seja em casa ou nas ruas, para assistir uma partida do seu time. Os portões fechados é uma medida que, apesar de não ter sido oficializada, é quase certa de ser padrão em todos os campeonatos do mundo.

Com a quarentena imposta até o dia sete de maio, alguns clubes começaram a abrir a porta dos seus Centros de Treinamento, como o Brighton e o Arsenal, para que os atletas possam treinar de maneira individual. Os jogadores possuem um horário particular e frequentam as instalações em turnos, evitando qualquer encontro.

A imprensa inglesa diz que a Premier League pode voltar no dia oito de junho, dando quase dois meses completos para o término das oito rodadas que restam. A expectativa é de que os times façam uma preparação de três semanas para começar a trabalhar de maneira mais intensa em meados de maio.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também