Prefeitura do Rio mantém exigência de jogos sem público e diz que não foi consultada sobre Copa América

·1 minuto de leitura
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - MAY 12: General view of the stadium prior to a match between Fluminense and Santa Fe as part of group D of Copa CONMEBOL Libertadores 2021 at Maracana Stadium on May 12, 2021 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Sergio Moraes-Pool/Getty Images)
Maracanã antes de partida do Fluminense na Libertadores de 2021 (Sergio Moraes-Pool/Getty Images)

A Prefeitura do Rio de Janeiro se manifestou após o presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmar que a cidade será uma das sedes da Copa América. Em comunicado enviado à imprensa, o órgão admitiu que o risco de contágio pela Covid-19 segue alto e confirmou que as partidas do torneio terão de ser realizadas com portões fechados.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

"A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro tem a responsabilidade de esclarecer que a situação epidemiológica do Município está em risco alto para a transmissão da Covid-19, por isto requer cautela para a liberação de eventos esportivos de grande porte com a presença de público, em razão do potencial impacto causado pelo potencial de aglomeração na entrada e saída e deslocamento de pessoas.

Leia também:

Por esse motivo, o Decreto Rio 48.425, 2021 suspende a realização de eventos esportivos com a presença de público em estádios e ginásios".

Em seguida, a nota disse que não houve consulta da Conmebol sobre a organização do torneio e informou.

"Dessa forma, mesmo não tendo havido consulta por parte da CONMEBOL, fica mantido o mesmo regramento que vem sendo adotado para as competições esportivas na Cidade".

Além do Rio de Janeiro, os estados do Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal foram confirmados na competição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos