Prefeitura do Rio aplica multa na CBF após confusão entre torcedores na porta do Maracanã

·1 minuto de leitura

A prefeitura do Rio de Janeiro multou a CBF em R$ 54 mil por conta de uma confusão gerada na porta do Maracanã durante a entrada dos torcedores convidados na final da Copa América, no último sábado. Segundo o Ivisa-Rio, a multa foi aplicada pelo desrespeito de normas sanitárias devido a pandemia de Covid-19. A informação é do 'Uol'.

O órgão é o Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e de Inspeção Agropecuária. Eles apresentaram cinco pontos observados pelo órgão durante o duelo entre Brasil e Argentina. 

Leia também:

1) Aglomeração nos acessos ao estádio gerado pela desorganização no credenciamento de convidados, pois não houve escalonamento de horário de chegada à partida, além da insuficiência da estrutura de acolhimento montada pelo organizador.

2) Houve o respeito à limitação de 10% da capacidade instalada de cada setor do estádio para a ocupação de público. 

3) Apesar dos esforços do organizador foi constatado que parte significativa do público insistia em permanecer sem máscara facial e desrespeitando o distanciamento mínimo estabelecido de 2 m entre grupos e famílias.

4) Não foi realizado testagem dos convidados no local da partida, por meio da pesquisa de antígeno por swab, conforme pactuado pelo organizador no Protocolo Sanitário submetido à aprovação da SMS. 5) Tendo em vista a denúncia de que convidados teriam apresentado testes RTC-PCR supostamente falsos, a SMS fará o rastreamento por amostragem e que, caso se comprove tal prática, tomará as medidas pertinentes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos