Prefeitura reajusta o IPTU de São Paulo em 3,5%; transporte também terá aumento

Yahoo Finanças
Foto: AP Photo/Victor R. Caivano
Foto: AP Photo/Victor R. Caivano

A Prefeitura de São Paulo vai reajustar o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em 3,5% no ano que vem. A decisão foi publicada no Diário Oficial do município desta terça-feira (24). Quem pagar o imposto à vista até a data de vencimento normal da primeira parcela terá um desconto de 3%.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

Segundo o decreto do prefeito Bruno Covas (PSDB), o reajuste vale para o exercício de 2020.

Leia também

A inflação acumulada de 12 meses, até novembro, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) é de 3,27%.

O aumento será aplicado sobre os valores unitários de metro quadrado de construção e de terreno e também sobre os valores das multas provenientes da prática de ilícitos administrativos tributários e os valores venais.

O último reajuste de IPTU na capital foi também de 3,5%, no início de 2019, e o desconto para pagamento à vista também foi de 3%. Ao longo do ano, porém, alguns imóveis receberam reajuste de até 50% no imposto.

Na semana passada, a prefeitura e o governo do estado já tinham anunciado um aumento de R$ 0,10 na tarifa de ônibus, trens e metrô, que passará de R$ 4,30 para R$ 4,40.

***Da Folhapress

Leia também