Prefeitura de Londres aprova reforma de R$ 2 bilhões no estádio do Chelsea

O milionário Chelsea está próximo de ter uma nova casa daqui a alguns anos. A reforma do Stamford Bridge, avaliada em 500 milhões de libras (cerca de R$ 2,2 bilhões), foi aprovada neste início de semana pela prefeitura de Londres (Inglaterra).

Sadiq Khan, prefeito londrino, justifica que a reforma do estádio do líder do Campeonato Inglês significará não só uma melhoria na casa do clube, mas também em todo o entorno do estádio, pois há uma cláusula que obriga um gasto de R$ 60 milhões destinados à melhorias da comunidade local. A aprovação é essencial para o Chelsea, que havia cogitado até mesmo uma mudança de endereço, caso houvesse uma negativa.

O novo estádio do Chelsea pretende ampliar a capacidade para 60 mil torcedores, 20 mil a mais do que a atual, além de facilitar o acesso ao metrô e melhorar a visibilidade dos torcedores. Segundo a empresa responsável pela obra, a parte externa da construção será de tijolos para se assemelhar a arquitetura da região da capital inglesa.

Informações do portal Daily Mail, dão conta que as obras devem começar já no próximo ano e deverão estar concluídas para a temporada 2021/22. Durante este período, o Chelsea atuará no famoso estádio Wembley, também localizado em Londres.