Prefeito de Bérgamo diz que jogo da Champions foi um dos principais focos da COVID-19 na Itália

Segundo país mais afetado pelo coronavírus, a Itália vive dias difíceis desde que o surto começou a contaminar os habitantes da Terra da Bota. O prefeito de Bérgamo, cidade mais afetada pelo vírus, deu uma entrevista pelo Facebook e disse que a partida entre Atalanta e Valencia, pela Liga dos Campeões, foi um dos principais focos de contágio.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

- Naquela época, não sabíamos o que estava acontecendo. O primeiro paciente na Itália foi em 23 de fevereiro. Se o vírus já estava circulando, os quarenta mil torcedores que foram ao estádio San Siro foram infectados. Ninguém sabia que o vírus já estava circulando entre nós. Muitos assistiram ao jogo em grupos e houve muitos contatos naquela noite. O vírus passou de um para o outro - disse Giorgio Gori.

Leia também:

O jogo aconteceu na cidade de Milão, também no norte italiano, por conta de exigências da Uefa. O Estádio Atleti Azzurri d'Italia, casa da Atalanta, passou por obras e o clube teve que mandar os jogos em outro local.

Coincidência ou não, a Espanha é o segundo país mais afetado pela COVID-19 e o time do Valencia já teve vários casos confirmados, entre eles Garay, Gayà e Mangala. De acordo com o clube espanhol, cerca de 35% do departamento de futebol testou positivo para a doença.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também