Precisa de reforços? Japão tem vários brasileiros quase livres

·1 min de leitura
Damião tem 28 gols e dez assistências nesta temporada no Japão (Koji Watanabe/Getty Images)
Damião tem 28 gols e dez assistências nesta temporada no Japão (Koji Watanabe/Getty Images)

Se o seu time precisa de centroavante, a solução pode vir do Japão. É que vários jogadores da posição vão ficar livres dos contratos com seus atuais empregadores nos próximos dias e já podem assinar pré-contrato para se mudar de graça em 2022.

O principal nome da relação é Leandro Damião, que vive fase espetacular no Kawasaki Frontale. Na atual temporada, por exemplo, são 28 gols e dez assistências em 45 jogos. O ex-atacante de Inter, Cruzeiro e Santos ganhou praticamente todos os títulos lá e só tem contrato até 1º de janeiro.

Já Everaldo, que já foi desejado por clubes como o Corinthians, está vinculado ao Kashima Antlers somente até 31 de janeiro. Seus números são um pouco inferiores aos de Damião, mas também agradam: nove gols e oito assistências em 36 partidas.

Arthur Caíke, também do Kashima Antlers, e Leandro Pereira, do Gamba Osaka, são outras alternativas. Há também atletas de outras posições, como o meia Gabriel Xavier, que pode deixar o Nagoya Grampus, e o volante Dodi, do Kashiwa Reysol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos