Precisão nos passes, seriedade e poucas faltas: os números de Kanu, alvo do Corinthians para a zaga

·3 min de leitura


O Corinthians quer muito um centroavante para reforçar o elenco, mas também busca um zagueiro para a temporada de 2022. O principal alvo da diretoria é Kanu, do Botafogo. A negociação teve avanços recentes, mas ainda segue complicada. Entre os motivos está o bom desempenho do defensor na Série B do Brasileirão, com números bem interessantes segundo o Footstats.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja como fica o valor de mercado do elenco do Corinthians com Paulinho

Se os dirigentes do Timão concretizarem a contratação, irão trazer para o elenco um zagueiro que erra poucos passes. Apesar de serem aqueles passes "de lado", o índice de equívocos é bem baixo, já que ele acerta 96,35% deles, sendo um dos maiores do campeonato e o maior entre os botafoguenses de linha. Ao todo foram 1292 passes certos em 34 partidas, média de 38 por jogo.

A precisão também se estende para passes mais arriscados como as viradas de jogo. Apesar de apenas cinco ao longo da Série B, o aproveitamento foi de 100%, ou seja, todas que Kanu tentou, ele acertou. Já nos lançamentos certos (49) o zagueiro teve o maior número entre os companheiros de linha, mas isso significou apenas 35% do total que tentou, algo que não deu muito certo.

Na parte defensiva, os números mostram que Kanu é um zagueiro que joga sério, sem firulas. Foram 234 rebatidas (maior número do elenco) durante a competição de acesso à Série A, uma média de 6,9 por jogo. Além disso, ele conseguiu 19 defesas (bolas travadas, desvios e afins) em 34 partidas, perdendo apenas para os dois goleiros do elenco botafoguense nesse quesito.

Outro detalhe importante é o baixo número de faltas de Kanu, que cometeu apenas 31 nesses 34 jogos em que entrou em campo do Brasileirão da Série B, média de menos de uma por partida. Como zagueiro, trata-se de um índice baixo. O que preocupa é o número de cartões, já que foram seis amarelos e um vermelho durante a disputa. Poucas infrações, mas muitas advertências

No ataque, Kanu teve pouca participação, tanto é que não marcou gols e arriscou apenas quatro finalizações certas. Sua contribuição no setor ofensivo foi dar sete passes para finalizações dos companheiros, ou seja, nada muito significativo, mas também nada que desabone a qualidade do jogador.

Aos 24 anos, Kanu é cria da base do Botafogo e vem sendo destaque em sua função, tanto é que já havia despertado o interesse do São Paulo recentemente, mas acabou não conseguindo chegar a um acordo com o clube carioca. Agora que está vendo uma negociação complicada é o Corinthians, que já recebeu sinalização positiva do estafe do atleta, mas ainda não conseguiu estabelecer um acerto com os dirigentes do Fogão, que não vão facilitar.

Números de Kanu no Brasileirão da Série B segundo o Footstats:

34 jogos
1292 passes certos (38 por jogo) - 96,35% de acerto
19 defesas
234 rebatidas
31 faltas cometidas (menos de 1 por jogo)
1 pênalti cometido
49 lançamentos
7 assistências para finalização
5 viradas de jogo
6 cartões amarelos
1 cartões vermelho

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos