Pratto vê São Paulo ainda cru: “Não é um time formado como o Cruzeiro”

O São Paulo não foi páreo para o Cruzeiro e perdeu por 2 a 0 no jogo de ida pela quarta fase da Copa do Brasil, nesta quinta-feira, no Morumbi. Autor de um gol contra, o centroavante Lucas Pratto considera o Tricolor em um estágio ainda inferior ao time mineiro.

“Contra times que jogam bem fechados temos que movimentar a bola e cruzar. Mas a equipe está tranquila, sabe que está em formação, não é um time formado como o Cruzeiro”, avaliou o argentino, após a partida.

A derrota tricolor começou a ser construída através do próprio Pratto. Ao tentar afastar um cruzamento de Thiago Neves, aos 16 minutos do segundo tempo, o camisa 14 testou forte contra sua própria meta, sem chances para Renan Ribeiro. Aos 24, a zaga são-paulina falhou novamente pelo alto e viu Hudson cabecear para o fundo da rede.

Na análise de Pratto, faltou à equipe ser mais incisiva. “A verdade é que no primeiro tempo tivemos muita posse de bola, mas não fomos agressivos, não conseguimos conexões de bola comigo. Acho que poderíamos ter forçado mais por fora. Tivemos uma ou outra jogada de gol no segundo tempo, mas eles é que aproveitaram as chances no segundo tempo em jogadas de bola parada”, discorreu.

Com o resultado, o São Paulo precisará de um resultado improvável no Mineirão, na próxima quarta-feira, para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil.

“Os caras vieram com uma proposta de retranca contra a gente e tiveram sorte. É difícil jogar contra o São Paulo aqui, mas eles tiveram sorte. Sabemos que poderíamos vencer pelo volume de jogo, mas agora é notar que no próximo jogo temos que fazer três gols e não acabou nada”, disse o atacante Gilberto.

Antes, porém, o pressionado Tricolor encara o Corinthians, às 19 horas deste domingo, no Morumbi, no confronto de ida pelas semifinais do Campeonato Paulista.