Próxima Liga dos Campeões pode ter novo formato para ser mais curta

Goal.com

Liga dos Campeões da Uefa mais curta? Este pode ser um dos planos da entidade reguladora do futebol europeu para a temporada de 2020/21.

A razão para isto seria a adaptação das datas da Eurocopa. Inicialmente marcada para 2020, já foi anunciado que a competição será realizada entre junho e julho de 2021. Como os torneios nacionais podem ter seu início mais tarde e a Liga dos Campeões da Uefa de 2020/21 tem a final prevista em 29 de maio, a solução seria uma mudança de fórmula de disputa.

Para exemplificar, pensemos na situação da Ligue 1. Atualmente, a primeira divisão da França tem três datas possíveis para terminar: 30 de junho, 31 de julho e 31 de agosto. A cada dia que passa sem que a crise do coronavírus Covid-19 diminua no país, fica mais improvável que o campeonato tenha seu fim em junho.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Neymar sentado PSG
Neymar sentado PSG

As principais ligas europeias, na temporada 2018-19, terminaram no final de maio, dando um extenso período de férias até o recomeço das competições, em agosto. Já que os campeonatos nacionais terminarão mais tarde, será preciso realizar uma adaptação no calendário. As fases preliminares da Liga dos Campeões da Uefa nesta edição, por exemplo, começaram nos últimos dias de junho.

Mesmo que times das cinco principais ligas entrem direto na fase de grupos, outros campeonatos relevantes que seguem o mesmo calendário, como a Liga NOS, de Portugal, e a Eredivisie, da Holanda, tem equipes que jogam as fases preliminares. Desta maneira, tais equipes seriam prejudicadas caso o calendário não mude.

Assim, a competição seria possivelmente encurtada, com um menor número de datas. Ou seja: a próxima Champions pode ficar mais enxuta.

Leia também