Pré-jogo do Flamengo tem pedido por Jorge Jesus e protesto contra Paulo Sousa e diretoria

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Antes de a bola rolar para Flamengo e Caólica, pela Libertadores, o Maracanã foi tomado por uma onda de protestos. Entre as manifestações da torcida, pedidos pela volta de Jorge Jesus e pela saída do técnico Paulo Sousa. Sobrou também para a diretoria, com faixas contra o vice de futebol Marcos Braz e o presidente Rodolfo Landim.

O Flamengo se classifica para as oitavas de final com um empate diante dos chilenos. Para a partida, o treinador optou por manter o goleiro Hugo, e escalar Rodrigo Caio na zaga, Matheuzinho na lateral e Andreas Pereira no meio-campo. No ataque, não houve mudanças no quarteto ofensivo.

Os protestos se avolumaram conforme a torcida acessou o estádio. Do lado de fora, o ônibus do Flamengo foi recebido entre gritos de incentivo e pedidos pela saída de Paulo Sousa. Já do lado de dentro, faixas contra a diretoria, e cartazes que pediam a volta do treinador Jorge Jesus. O técnico português tem interesse no retorno e aguarda o Flamengo até o fim de maio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos