Com poucos jogos no ano, Breno pode ser emprestado pelo São Paulo

Pouco utilizado por Rogério Ceni na temporada, Breno pode estar de saída do São Paulo. O zagueiro disputou apenas seis das 25 partidas que o time fez no ano e gostaria de atuar mais vezes. Se necessário, em outro clube.

O setor defensivo é um dos mais concorridos no elenco tricolor. São sete os zagueiros à disposição de Ceni. No momento, Rodrigo Caio e Maicon são os titulares incontestáveis. Lucão, que teve boas atuações quando testado, está à frente de Breno na disputa entre os reservas, assim como o ídolo Lugano. Douglas também aparece como uma das últimas opções.

Como o treinador já avisou que pretende reduzir o elenco de 34 para 29 jogadores, não haveria maiores impeditivos para a saída de Breno, que tem contrato com o time do Morumbi até o fim do ano, mas que deverá ser renovado antes de um eventual empréstimo.

Além de Breno, outros atletas devem deixar o Tricolor, como o volante João Schmidt, acertado com a Atalanta-ITA, e o atacante Andres Chavez, emprestado pelo Boca Juniors, ambos com vínculos válidos só até o fim de junho.

Outro que pode sair é Neilton. Com as chegadas de Marcinho e Morato, o atacante perdeu espaço no elenco e pode voltar ao Botafogo, clube pelo qual se destacou no ano passado. Emprestado pelo Cruzeiro, em negócio que envolveu a troca com Hudson, ele atuou em um total de 10 jogos e não marcou nenhum gol.